- mas a vida sempre tem que continuar, sic

Há exatos 3 anos, vou vivendo com essa dor enorme dentro de mim, que insiste em não querer cicatrizar.. Mas, no fundo, eu acho que não quero que ela cicatrize, pelo simples fato de que essa dor só iria cessar se eu o esquecesse por completo. E, não, eu não quero e não vou equecer. No começo, todos me pediam calma, me garantiam que com o passar o tempo, eu iria aceitar que não o veria mais, não sentiria mais a alegria que ele transmitia, a graça que só criançar realmente felizes como ele, possuem. Sinto falta de cada sorriso, de cada briguinha, de cada brincadeira, enfim! De cada pequeno momento que eu tive o prazer de compartilhar com ele.. Pra ser sincera, eu posso afirmar com toda a convicção do mundo que eu nunca vou me acostumar, nunca vai parecer normal essa ausência. Tudo o que eu tenho capacidade de fazer é evitar focar meu pensamento nessa pequena estrela que o destino fez se apagar. Se toda vez que eu toco nesse assunto as lágrimas surgem inconcientemente em meus olhos, eu jamais poderei afirmar que minha vida voltou (ou um dia vai voltar) ao que era antes. Em cada lugar, em cada rosto, em cada olhar eu sinto a presença dele, como se ele realmente estivesse aqui, do meu lado. A única justificativa que eu vejo é que Deus leva os bons pra junto dele... Meu anjinho, você sempre vai estar vivo, no pensamento e no coração de todos aqueles que, assim como eu, amaram e sempre vão te amar...

Dedicado à Luciano Júnior.


Sei que faço isso pra esquecer, eu deixo a onda me acertar, e o vento vai levando tudo embora...

10 pitaco(s):

katiuce reis disse... [Responder comentário]

É AMANDA HOJE NO TRABALHO E AQUI EM CASA NA JANTA COMETEI SOBRE ELE,É UMA COISA REALMENTE INESPLICAVEL Ñ CONSIGO ME ACOSTUMAR COM O FATO DE Ñ VE-LO MAIS Ñ CONSIGO ENTENDER COMO JA SE PASSARAM 3 ANOS LONGE DELE POIS ELE FOI O MEU PRIMEIRO FILHO E O UNICO .BRIGADA VIU PELA OMENAGEM AMEI DE CORAÇÃO.

Stephanie Pereira disse... [Responder comentário]

Belíssima homenagem... Mas cicatrizes assim nem sempre saram...

•Janaina Barreto• disse... [Responder comentário]

Muito linda a homenagem.
Lamento a perda.
*-*

moo disse... [Responder comentário]

É dificil, espero que toda essa dor se converta em alegria por tê-lo conhecido e por ter compartilhado com ele ótimos momentos.

Indiquei a este blog um selo (;

Adrienne disse... [Responder comentário]

oie flor, deixei um selo pra ti lá em meu blog, dá uma passadinha lá ver depois tah!

beijo beijo

Tenshi disse... [Responder comentário]

te deixei um selo, espero que goste ;D

Misa. disse... [Responder comentário]

Se essa dor um dia cessasse, você não teria o amado de verdade. O amor verdadeiro é incurável, imutável. A falta vai estar sempre ali, mas, você pode combater os dragões da angústia e do medo, fazendo um jardim de amor, onde o seu carinho e as lembranças vão ficar juntos, apreciando o céu e sendo felizes, lembrando-a de que, apesar de que ele se foi, os momentos bons existiram. E esses, ninguém pode tirar de você.

Luciano de Sálua disse... [Responder comentário]

As marcas ficam, os amores também. Não que eles não sejam marcas, mas chegam a ser superiores.
Sabe, o nome Luciano significa Luz-Encarnada, Lucio (Luz) + Ana (Encarnada), tenho certeza que era luz demais para nós, e ele, o Luz-ciano, fora brilhar mais por você, e por quem mais ele espera, de outro lugar. Luz nunca se apaga, mesmo com breves intervalos, ela não se apaga, somente se propaga.

Nathália disse... [Responder comentário]

Não precisa esquecer.
Aliás, nem tem como.

A dor da saudade sempre vai estar aí, mas com o tempo ela ameniza e se torna uma lembrança. Uma boa lembrança.

Beijo!

Yasmin disse... [Responder comentário]

Imagino como deve ser ruim, um adulto já é péssimo, criança então, forças, é como você disse, ele estará sempre com você.
:)
http://yas.carly.zip.net/

Postar um comentário

Fale o que pensa, comentários são bem vindos, educação também :)