Quando a morte conta uma história...

...você deve parar para ler.


Entre 1939 e 1943, Liesel Meminger encontrou a Morte três vezes. E saiu suficientemente viva das três ocasiões para que a própria, de tão impressionada, decidisse nos contar sua história, em A Menina que Roubava Livros, livro há mais de um ano na lista dos mais vendidos do The New York Times. Desde o início da vida de Liesel na rua Himmel, numa área pobre de Molching, cidade desenxabida próxima a Munique, ela precisou achar formas de se convencer do sentido da sua existência. Horas depois de ver seu irmão morrer no colo da mãe, a menina foi largada para sempre aos cuidados de Hans e Rosa Hubermann, um pintor desempregado e uma dona de casa rabugenta. Ao entrar na nova casa, trazia escondido na mala um livro, O Manual do Coveiro. Num momento de distração, o rapaz que enterrara seu irmão o deixara cair na neve. Foi o primeiro de vários livros que Liesel roubaria ao longo dos quatro anos seguintes. E foram estes livros que nortearam a vida de Liesel naquele tempo, quando a Alemanha era transformada diariamente pela guerra, dando trabalho dobrado à Morte. O gosto de rouba-los deu à menina uma alcunha e uma ocupação; a sede de conhecimento deu-lhe um propósito. E as palavras que Liesel encontrou em suas páginas e destacou delas seriam mais tarde aplicadas ao contexto a sua própria vida, sempre com a assistência de Hans, acordeonista amador e amável, e Max Vanderburg, o judeu do porão, o amigo quase invisível de quem ela prometera jamais falar. Há outros personagens fundamentais na história de Liesel, como Rudy Steiner, seu melhor amigo e o namorado que ela nunca teve, ou a mulher do prefeito, sua melhor amiga que ela demorou a perceber como tal. Mas só quem está ao seu lado sempre e testemunha a dor e a poesia da época em que Liesel Meminger teve sua vida salva diariamente pelas palavras, é a nossa narradora. Um dia todos irão conhece-la. Mas ter a sua história contada por ela é para poucos. Tem que valer a pena.



Com toda certeza, um dos melhores livros que eu já li, recomendo à todos. Ah, e se quiser comprá-lo pela internet, pode clicar aqui.

4 pitaco(s):

Luciano de Sálua disse... [Responder comentário]

Comecei a ler hoje, rs.

collectors of emotions disse... [Responder comentário]

Eu to lendo, to quase acabando, só ta demorando a acabar porque to lendo amanhecer tbm.
Mas vale a pena, tbm recomendo.
Parem para ler.

gabyzinhastar disse... [Responder comentário]

Estou louca pra ler esse livro.
Só de ler a sinopse dele eu já me apaixonei.

Rita Colatino disse... [Responder comentário]

eu comprei, mas como eu tô lendo o 2º livro do 'O VENDEDOR DE SONHOS' que é o 'O VENDEDOR DE SONHOS - REVOLUÇÃO DOS ANÔNIMOS' o 1º foi 'O VENDEDOR DE SONHOS - O CHAMADO' que eh otimo, tb recomendo! (:
e agr o 2º ta otimo tb! :D ae.. a mh irmã, pegô pra ler 'A MENINA QUE ROUBAVA LIVROS' que eu comprei -.- ta lendo primeiro q eu ¬¬ êta danada, êta. kkkkkkk, beijos. to louca pra ler. belo blog

Postar um comentário

Fale o que pensa, comentários são bem vindos, educação também :)