A menor mulher do mundo.

E considerou a cruel necessidade de amar.
Considerou a malignidade de nosso desejo de ser feliz.
Considerou a ferocidade com que queremos brincar.
E o número de vezes em que mataremos por amor.

(Clarice Lispector - trecho de A Menor Mulher do Mundo, in Laços de Família)

3 pitaco(s):

Catarina disse... [Responder comentário]

oi tudo bem ? adorei seu blog achei interativo e muito interessante to seguindo. Olha tenho um blog

http://kah-catarina.blogspot.com

quero saber se você esta interessado (a) em parceria? entra la comenta e nos segue..

também estou abrindo vagas para moderadores (as) , se tiver , vai la barra lateral e clica em ser moderadora, ai é so preencher o formulário, bjim

aguardo resposta!

qualquer dúvida meu e-mail é catarina_familia@hotmail.com

Cris Souza disse... [Responder comentário]

A Clarice é Diva, simplismente. Esse texto é muito forte G.G, cheio de personalidade.

Nuvem De Amor disse... [Responder comentário]

Adorei seu blog,visita ?

http://nuvem-de-amor.blogspot.com/

Beijos *-*

Postar um comentário

Fale o que pensa, comentários são bem vindos, educação também :)